China bate novo recorde de produtividade de arroz

O conhecido desenvolvedor de híbridos de arroz Yuan Longping atingiu um novo recorde de produtividade no cultivo. Em um projeto experimental em terras localizadas na província de Hebei, no Nordeste da China, os híbridos da Yuan atingiram um rendimento de 17,2 toneladas por hectare, divulgaram autoridades chinesas nesta semana.

Também foi apresentado um novo tipo de arroz que pode crescer até uma altura de 2,2 metros, anunciou nesta semana o Instituto da Academia Chinesa de Ciências para Agricultura Subtropical (ISA). Com a altura média de mais de 1,8 metro, o rendimento do arroz “gigante” deverá superar 11,5 toneladas por hectare, 15 a 20% a mais do que o arroz comum, afirmou o ISA.

 A Yuan Longping começou as pesquisas envolvendo o arroz há cerca 50 anos e tem batido anualmente os recordes mundiais de rendimento. O recorde anterior também era da empresa e havia sido registrado no ano passado nas províncias de Hebei e Yunnan. As áreas são conhecidas pela alta latitude. Na China, aproximadamente 60% da população depende do arroz como alimento principal.

A China produz anualmente mais de 200 milhões de toneladas de arroz, sendo que a produtividade média a nível nacional é sete toneladas por hectare. O recorde do ano de 2015 foi de 208 milhões de toneladas do cereal. Neste ano, este recorde deve ser batido com 215 milhões de toneladas produzidas, segundo o Departamento da Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

Fonte: Agrolink